BLOG ESTÚDIO KI

Tudo sobre produção de vídeo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no tumblr
Tumblr

Aprenda a calcular O ROI dos seus Vídeos

ROI é a sigla inglesa da impressão que significa Retorno Sobre Investimento, que nada mais é do que a métrica que possibilita avaliar o quanto um investimento realizado teve de retorno positivo, a partir do valor inicial investido. Este cálculo é fundamental para se avaliar o sucesso de qualquer tipo de investimento, e com vídeos não poderia ser diferente. Por isso, nesse artigo vamos ensiná-lo a calcular o seu retorno dos investimentos em vídeo.

5 Passos Importantes Antes de Calcular o ROI dos vídeos

# 1 – Determine seus objetivos

Uma estratégia de marketing baseada em vídeo, se bem planejada e bem implantada, pode gerar ótimos resultados. Entretanto, antes de começar a produzir seu próximo vídeo, será necessário saber qual o seus objetivo estratégico ao produzi-lo.

Entre os objetivos mais comuns estão:

  • Promover sua marca no mercado;
  • Gerar mais leads qualificadas;
  • Explicar sobre seu produto ou serviço;
  • Captar e-mails;
  • Aumentar o engajamento do público, etc.;

As possibilidades são quase infinitas, e sua escolha deve ir de encontro com as suas prioridades.

# 2 – Determine seus indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho ou KPI’s (Key Performance Indicator) são métricas baseadas nos objetivos definidos, que servem para analisar e entender se as ações realizadas estão trazendo os resultados esperados.

A determinação dos KPI’s são importantes, pois evitam análises desnecessárias, economizando tempo e esforço, que podem ser utilizados no que realmente importa para a campanha.

Só para exemplificar, imagine um vídeo cujo objetivo seria promover a uma marca no mercado, e o KPI definido seria o seu número de compartilhamentos, bem como o seu alcance dentro das plataformas que foram postadas. Se ao serem analisados os resultados, percebe-se que o vídeo gerou poucas leads, esse fato não tem importância, afinal, o objetivo definido era outro.

# 3 – Encaixe os seus vídeos dentro de uma estratégia de marketing bem estruturada

Os vídeos devem fazer parte da estratégia de marketing da empresa. No entanto, não adianta produzir um único vídeo, ou ainda gravar um monte de vídeos aleatórios e esperar um grande resultado.

Para conquistar e guiar o consumidor a atravessar todo o processo de compra, os vídeos devem ser bem produzidos, e utilizar uma linguagem adequada para cada estágio: descoberta, consideração e decisão. 

Descoberta

A fase de descoberta é quando o consumidor começa a perceber que tem uma necessidade específica, e começa a buscar por informações que permitam entender o que é essa necessidade de fato.

Consideração

Ao entender exatamente qual a sua necessidade, o consumidor já é capaz de pesquisar por soluções, e passa considerar a aquisição/ contratação de uma delas.

Decisão

Após conhecer todas as soluções disponíveis capazes de atender a sua necessidade, o consumidor passa a analisar analisá-las, bem como aos seus fornecedores, e, enfim, toma a sua decisão.

Conhecer e entender cada uma das fases do processo de compras facilita a decisão por quais tipos de conteúdo deverão ser criados com o intuito de guiar o consumidor no processo de compra com mais eficiência.

# 4 – Acompanhe os resultados de cada vídeo de forma individual

Acompanhar os indicadores de desempenho é uma obrigação para toda e qualquer empresa que deseja alcançar os resultados planejados. 

No caso do marketing, as campanhas normalmente são baseadas no comportamento do consumidor, e assim, acompanhar os dados resultantes das campanhas devem ser uma constante, visto que, o comportamento do consumidor também muda constantemente.

Com isso, você será capaz de identificar qual conteúdo o público está gostando ou deixando de gostar no momento em que acontece, e não apenas no final da campanha.

# 5 – Mapeamento dos investimentos envolvidos na produção de um vídeo

Um dos itens que fazem parte do cálculo do ROI é o custo. Assim, para que seja possível calcular o ROI do vídeo, é necessário contabilizar de maneira bem discriminada tudo o que foi investido. Com isso, ao se calcular o ROI fica fácil entender onde continuar investindo e onde ocorreram gastos desnecessários.

Fórmula de Cálculo do Retorno Sobre Investimento em Vídeo (ROI)

O cálculo do ROI é feito através da seguinte fórmula:

Fórmula do ROI

Só para exemplificar, imagine que você tenha investido em um mês, o valor de R$ 15.000,00 para a produção de vídeos aulas. Essas vídeo aulas geraram uma receita de R$ 25.000,00 no mesmo período. Assim, temos:

ROI = ((R$ 25.000,00 – R$ 15.000,00) / R$ 15.000,00) x 100

ROI = (R$ 10.000,00 / R$ 15.000,00) x 100

ROI = 66,66 %.

Isso significa dizer que para cada R$ 100,00 investidos, houve um retorno de R$ 66,66.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no tumblr
Como fazer um orçamento de vídeo
Produtora de vídeo
Produtora de Vídeo Estúdio Ki
Como fazer um orçamento de vídeo?

Como fazer um orçamento de vídeo? Nesse artigo a produtora de vídeo Estúdio Ki te explica como fazer um orçamento de vídeo preciso para suas necessidades.